Ressonância magnética do tórax na avaliação dos pacientes oncológicos: estado da arte

 Em Pesquisa científica

O objetivo deste artigo é contextualizar a importância da ressonância magnética na avaliação das lesões torácicas em pacientes oncológicos, avaliando a parede torácica, regiões pleurais, pulmonares, mediastinais, esofagianas, cardíacas ou linfonodais, atuando como ferramenta alternativa, economicamente viável e com perfomance comparável ou complementar aos métodos de imagem convencionais.

Autores: Guimaraes MD, Hochhegger B, Koenigkam-Santos M, Santana PRP, Sousa Júnior AS, Souza LS, Marchiori E.

Publicado em: Radiol Bras. 2015 Jan/Fev;48(1):33–42.

Link para o artigo completo:

VAMOS CONVERSAR?