Informação embutida em DNA

 Em Destaques na Saúde

Cientistas do Instituto Federal de Tecnologia da Suíça desenvolveram um método para gravar informações em moléculas de DNA que podem durar por milênios.

A ideia é conseguir achar um suporte que não seja tão perecível quando HDs e pendrives para que assim possamos, em um futuro distante, continuar a registrar nossa história.

Um grama de DNA pode armanezar uma quantidade assombrosa de informação, algo próximo de 455 exabytes, ou seja, 455 mil vezes mais do que um Gigabyte. Só para uma comparação rápida, com quatro gramas de DNA poderíamos armazenar tudo o que já produzido pelo homem desde Platão até… o último álbum da Lady Gaga.

Confira o detalhamento dessa história >

 

VAMOS CONVERSAR?